Viagem ao japão DESTINOS

Monte Fuji

Monte Fuji

Monte Fuji

Monte Fuji é a mais alta montanha da ilha de honshu e de todo o Japão e a 35ª mais alta do mundo.

É um vulcão activo, porém de baixo risco de erupção.

O monte Fuji localiza-se a oeste de Tóquio (de onde pode ser visto num dia limpo) próximo da costa do Pacífico da ilha de Honshu, na fronteira entre as províncias de Sizuoka e de Yamanashi.

Existem três pequenas cidades que envolvem o Monte Fuji, Gotemba a leste, Fuji-Yoshida a norte e Fujinomiya a sudoeste.

O monte Fuji é um dos símbolos mais conhecidos do Japão, sendo frequentemente retratado em obras de arte e fotografias e recebendo muitas visitas de alpinistas e turistas.

Monte Fuji

Actualmente composto por aproximadamente 50% de lava basáltica, os cientistas identificaram três fases distintas da actividade vulcânica que resultaram na formação do Fuj–san como o conhecemos. A primeira fase, denominada Sen–komitake, constituiu um núcleo de andesito descoberto recentemente nas profundezas da montanha.

Depois da Sen–komitake seguiu–se a Ko–Mitake, uma camada de basalto que se acredita ter–se formado há várias centenas de milhares de anos.

Há cerca de 100.000 anos uma nova camada, a Ko–Fuji (Velha Fuji), formou-se sobre a Ko–Mitake, 10.000 anos é a data que se aponta para a formação da mais recente Shin–Fuji (Nova Fuji) sobre a Velha Fuji.

O vulcão estã classificado como activo com baixo risco de erupção.

A última erupção registada ocorreu no princípio do século XVIII, em 1707 durante o período Edo, com esta erupção formaram–se uma nova cratera e um segundo pico, a meio de um dos lados, tendo sido atribuído o nome de Hoei-zan ao segundo pico.

O Monte Fuji localiza–se num ponto de encontro da Placa Euroasiatica a placa de Okhotsk e da Placa das Filipinas, sendo estas placas que formam, as partes ocidental o oriental do Japão e a Península de Izu, respectivamente.